Vírus

Um vírus de computador é uma parte de um código malicioso que é pré-anexado ou anexado a arquivos existentes no computador. O nome vírus vem do nome dos vírus biológicos, uma vez que eles usam técnicas semelhantes para se espalhar de um lugar para outro. Quanto ao termo "vírus", ele é frequentemente usado de maneira incorreta para significar qualquer tipo de ameaça. Essa utilização está gradualmente sendo superada e substituída por um termo mais preciso "malware" (software malicioso).

Os vírus de computador atacam principalmente os arquivos e documentos executáveis. Em resumo, é assim que um vírus de computador funciona: após a execução de um arquivo infectado, o código malicioso é chamado e executado antes da execução do aplicativo original. Um vírus pode infectar qualquer arquivo que tenha permissão de gravação dada pelo usuário.

Os vírus de computador podem se ampliar em finalidade e gravidade. Alguns deles são extremamente perigosos devido à sua capacidade de propositadamente excluir arquivos do disco rígido. Por outro lado, alguns vírus não causam danos reais; eles servem somente para perturbar o usuário e demonstrar as habilidades técnicas dos seus autores.

Se o computador estiver infectado com um vírus e a limpeza não for possível, envie-o para o Laboratório de pesquisa da ESET para análise. Em certos casos os arquivos infectados podem ser modificados a ponto de uma limpeza não ser possível e os arquivos precisarem ser substituídos por uma cópia limpa.